Editor do mangá de Dr. Stone revela como surgiu a proposta da obra se tornar um anime

Um dos grandes sucessos da atual temporada de animes está sendo Dr. Stone, que acompanha a história dos estudantes Senku Ishigami e Taiju Oki depois de um evento apocalíptico que transformou todas as pessoas da Terra em pedra.

A obra foi lançada originalmente em março de 2017 na Weekly Shonen Jump, e esse ano finalmente ganhou a sua adaptação em anime produzida pelo estúdio TMS Entertainment. Recentemente, o editor do anime, Hiroyuki Honda, falou em entrevista ao Comicbook sobre como surgiu a oportunidade de adaptar a franquia.

“Dr. Stone estava sendo publicado na Weekly Shonen Jump por um tempo, e estava bastante popular. Até o ponto em que estávamos ‘Nós meio que queremos fazer um anime sobre isso, vocês querem trabalhar conosco? ’, então nós rapidamente aceitamos a oferta.”

Essa facilidade que Dr. Stone teve em conseguir a sua adaptação realmente se deve ao imenso sucesso que o mangá tem feito na Shonen Jump, sendo escolhido ganhado em 2018 o prêmio de Melhor Shonen do ano pela  Shogakukan  Manga Award.

Criado por Riichiro Inagaki, Dr. Stone acompanha a jornada de Senku e Taiju, dois estudantes do ensino médio que assim como toda a humanidade foram transformados em pedra depois que uma misteriosa luz surgiu no céu. Após mais de 3000 anos os dois conseguem se libertar desta casca e partem em uma jornada para tentar restabelecer a sociedade.

A adaptação em anime foi lançada no dia 5 de julho e é distribuída no Brasil pela Crunchyroll.