Personagem Sabrina retorna mais poderosa, sombria e empoderada

Quem lacra, lucra sim! Segunda parte de “O Mundo Sombrio de Sabrina” é aterrorizante, trevosa e com toque de amor juvenil.

A Netflix conseguiu, de uma vez por todas, desvencilhar a Sabrina Spellman interpretada por Kiernan Shipka da mesma personagem interpretada por Melissa Joan Hart, na série Sabrina, Aprendiz de Feiticeira (1996). Enquanto a primeira é uma bruxa totalmente envolvida com o mundo das trevas e com uma ligação direta com Satã, a outra era reduzida a feitiços inocentes.

A primeira parte é finalizada com Sabrina assinando o livro da Besta e decidindo se afastar do seu lado mortal — amigos e escola, para protegê-los. Um dos grandes benefícios dessa decisão é a maior exploração da religião que cerca a série. Apesar de ter sido criada por uma família de bruxa, Sabrina possui uma ligação muito forte com o mundo mortal e desconhece muitos episódios que contribuíram para o surgimento das bruxas, do coven.

Assim, sendo uma representante do público, traz questões para responder as dúvidas de quem assiste. Entretanto, o afastamento dela de seus amigos causou uma certa ruptura de química entre eles. No início, o grupo de amigos da bruxa foi um ingrediente benéfico para o sucesso da série. Mas, agora, o grupo se encontra perdido e sem muita sintonia.

Enquanto as amizades de Sabrina lutam para realinhar os laços afetivos entre eles, no lado bruxo está tudo “muito bem, obrigada!”. Gavin Leatherwood é Nicholas Scratch, o par romântico da protagonista na segunda parte. Os atores conseguiram desenvolver bem o relacionamento dos personagens em cena, o que trouxe um apelo maior para o público jovem, que pode se deliciar com diversas cenas e diálogos clichês, porém bem aplicados e de forma natural.

Ainda sobre personagens bruxos, Prudence Night (Tati Gabrielle) é uma personagem extremamente interessante e de grande potencial, se bem escrita. É o tipo de persona que o espectador anseia por gostar. No entanto, ainda existem questões a serem levantadas para o desenvolvimento total acontecer, tornando-a uma das protagonistas. Com certeza, essa é uma das grandes promessas da 2ª temporada, levando em consideração o desfecho de Prudence no final da segunda parte.

A primeira deixou claro que além de fantasia, a série possui um fundo crítico importante. Sabrina é uma personagem muito forte, determinada e dona de si. Nos novos episódios, o arco principal é seu embate contra o Padre Faustos Blackwood (Richard Coyle), um homem extremamente conservador que almeja retornar com os velhos costumes à Igreja da Noite. Além de um discurso extremamente feminista, a série também aborda a transsexualidade, uma temática que já vem sendo abordada desde os primeiros capítulos.

Os novos episódios de O Mundo Sombrio de Sabrina possuem apelo maior ao público jovem, prometendo um triângulo amoroso, muito romance e fantasia. Entretanto, muitas surpresas positivas escondem-se, algo que prenderá a atenção dos fãs de todas as idades. Finaliza a primeira temporada deixando a todos extremamente ansiosos para as próximas aventuras de Sabrina Spellman.

Confira o trailer abaixo.

Etiquetas

PROPAGANDA
PROPAGANDA